HINO AETL

PES

Projeto

O Projeto de Educação para a Saúde é um projeto transversal a todo o Agrupamento e tem como objetivos a informação e consciencialização dos alunos acerca da sua própria saúde, promovendo hábitos de vida saudáveis e uma progressiva autorresponsabilização.

As áreas prioritárias de intervenção são:  alimentação saudável e atividade física, higiene oral e pessoal, educação para os afetos e para a sexualidade, o consumo de substâncias nocivas, a inclusão, a violência, a saúde mental e saúde e ambiente.

Para além da equipa PES, com um professor responsável em cada escola do Agrupamento, contam-se também com vários parceiros: Biblioteca Escolar, Serviço de Psicologia e Orientação, a Enfermeira responsável pela saúde escolar e o ACES/Almada-Seixal, PSP, APCAS, CRIAR-T, CMS, Junta de Freguesia da Amora, Encarregados de Educação, DT, Cidadania e Desenvolvimento, Eco-Escolas, e todos os professores que colaboraram na implementação das atividades.

De grande importância é a permanente articulação com a UCC e com a Enfermeira responsável pelo Agrupamento, nomeadamente no aconselhamento permanente e no encaminhamento de casos.

Atividades

As atividades são implementadas de acordo com o Plano Anual de Atividades, em datas a determinar, solicitando-se a participação dos vários agentes da Comunidade Educativa.

Ao longo do ano letivo são dinamizadas:

 – Atividades ligadas à comemoração de dias festivos;

– Atividades de articulação curricular;

– Sessões de esclarecimento no âmbito da saúde e bem-estar, com temáticas dentro das áreas prioritárias;

– Dinamização do Gabinete de Informação e Apoio ao Aluno;

– Implementação do Projeto de Educação Sexual de Turma (PEST);

– Referenciações e encaminhamentos efetuados pelos docentes e pelos técnicos de saúde.

Avaliação

O entusiasmo e participação demonstrado pelos discentes em todo o Agrupamento, durante a realização das atividades é uma forma de avaliação do sucesso das ações, uma vez que a mudança na atitude dos alunos não é mensurável quantitativamente – a promoção de atitudes saudáveis e o processo contínuo de consciencialização, são os responsáveis por tal mudança.

A avaliação é também efetuada através do grau de consecução das atividades, balanços intermédios e, eventualmente, realização de questionários.